segunda-feira, 31 de maio de 2010

QUAL É O DIAGNÓSTICO 1?


O ECG SEGUINTE É DE UMA PACIENTE DE 24 ANOS, QUE FOI INTERNADA NA UTI. PORTADORA DE NEOPLASIA MALIGNA, APRESENTOU DISPNÉIA, EVOLUINDO COM INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA, COM NECESSIDADE DE VENTILAÇÃO MECÂNICA. QUAIS AS ALTERAÇÕES ENCONTRADAS? QUAL O DIAGNÓSTICO PROVÁVEL?

Um comentário:

  1. Rodrigo Lopes de Sousa7 de junho de 2010 16:56

    Prof. Nestor este ECG apresenta ritmo sinusal; FC= (+/-)100bpm; onda P normal; intervalo PR normal; ausência de onda Q de necrose miocárdica; complexo QRS com duração normal e eixo (+/-) +60°; segmento ST sem alterações; onda T invertida tendendo a simétrica em DIII, AVF, V2, V3 e V4; intervalo QT normal. Pela história de neoplasia maligna, dispnéia e posterior IRpA em uma paciente de 24 anos deve-se pensar em Embolia Pulmonar com onda S em DI, onda Q em DIII e onda T invertida em DIII (S1Q3T3).

    ResponderExcluir