Receba as postagens por e-mail

domingo, 3 de abril de 2011

RESPOSTA DO ECG ANTERIOR (QUAL O DIAGNÓSTICO 15)

O ECG mostra ritmo de fibrilação atrial (FA) com alta resposta ventricular, bloqueio de ramo direito (BRD) e depressão de ST em V3 a V6, associado a inversão de T. A presença de complexos RS amplos de V4 a V6 + alteração de ST sugerem hipertrofia ventricular esquerda (HVE), embora seja muito difícil estabeler critérios de HVE no traçado com BRD.
O quadro clínico-eletrocardiográfico é muito sugestivo de insuficiência cardíaca. A alteração de ST-T sugere etiologia isquêmica. A presença de BRD é um marcador de prognóstico na cardiopatia isquêmica.
O BRD pode estar associado ou não a doença. Na ausência de cardiopatia, o BRD isolado não tem importância prognóstica. Por outro lado, a presença de BRD é um marcador de mal prognóstico na cardiopatia isquêmica.
A presença de outras alterações como FA, depressão de ST e inversão de T (exceto nas precordiais direitas) são compatíveis com BRD associado a cardiopatia estrutural.

Um comentário: