Receba as postagens por e-mail

terça-feira, 22 de junho de 2010

QUAL É O DIAGNÓSTICO 4?




ECG DE PACIENTE COM SÍNCOPE? QUAL O DISTÚRBIO DO RITMO?




3 comentários:

  1. Caro prof. Nestor, parabens imensamente pela iniciativa; fui seu aluno na UFRN, hoje estou fazendo residencia em clinica medica.A comunidade medica natalense agradece o raro espaco para o fomento do estudo em eletrocardiologia.Esse paciente apresenta uma sincope cardiogenica-sindrome stoke-adams-, cuja disturbio do ritmo compreende a seguinte bradiarritmia:bloqueio atrioventricular II grau, do tipo mobitz II, com conducao 3:1.Ha ainda alteracao adicional no ECG, que seria a progressao anomala da onda R nas derivacoes precordiais.Nao ha anamnese no caso em tela, porem 3 causas primordiais devem ser aventadas pra esse disturbio-BAV: isquemia, degenerativa e medicamentosa.A anamnese afastaria com facilidade a causa medicamentosa, e o diferencial entre degeneracao e isquemia compreenderia dosagem de marcadores de lesao miocardica e historia da molestia atual e fatores de risco p aterosclerose.Isquemia explica ambos os achados eletrocardiograficos encontrados,apesar de arterias diferentes estarem implicadas em cada um dos processos-coronaria direita e DA.Como conduta para esse doente-sala de emergencia, suporte, ...- sendo fundamental curva enzimatica e passagem de marcapasso transvenoso. Um abraco Marcel ROdrigues Gurgel Praxedes CREMERN 6036

    ResponderExcluir
  2. Ha tambem morfologia de BRD em V1,pode haver tambem BRD associado ao BAV.

    ResponderExcluir
  3. Então antes de mais gostaria de parabenizar seu Blog e dizer que é de enorme satisfação que sempre que posso fazer parte dessas ilustre discussões eletrocardiográficas, no meu entender estamos diante de um Bloqueio de ramo direito de 3º isquêmico, com hemibloqueio anterior esquerdo de 2º, Bloqueio atrio ventricular mobitz 2º, e o distúrbio hidroeletrolítico presente é a hipercalcemia. Abraços

    ResponderExcluir